Avançar para o conteúdo principal desta página.
Inventário Artístico da Arquidiocese de Évora.
Apresentação

Inventário

Roteiros

Newsletter

Glossário

Links

Contactos


Página Inicial

Página de abertura

 

Azulejaria e Arte

Magnificat Maria

Expressões Artisticas da Fé

Joalharia na Arte Devocional

Relicários

Arte Indo-Portuguesa

 
Nossa Senhora da Graça do Divor.
Nossa Senhora da Graça do Divor
Azulejos de Padrão.
Azulejos de Padrão
Azulejos de Padrão.
Azulejos de Padrão
Azulejos de Padrão.
Azulejos de Padrão
Azulejos de Padrão.
Azulejos de Padrão
Azulejos de Padrão.
Azulejos de Padrão
Nossa Senhora com o Menino.
Nossa Senhora com o Menino
Painel ornamental.
Painel ornamental
Composição ornamental.
Composição ornamental
Cercadura com emblemas marianos.
Cercadura com emblemas marianos
Nossa Senhora da Boa Fé.
Nossa Senhora da Boa Fé
Nossa Senhora da Conceição com os símbolos Marianos.
Nossa Senhora da Conceição com os símbolos Marianos
Albarrada.
Albarrada
Padrão com volutas de acanto.
Padrão com volutas de acanto
Frontal de altar.
Frontal de altar
Calvário.
Calvário
Frontal de altar.
Frontal de altar
A Vida da Virgem.
A Vida da Virgem
São Miguel de Machede.
São Miguel de Machede
São Miguel pesando as almas.
São Miguel pesando as almas
Daniel na fossa dos leões.
Daniel na fossa dos leões
 
Painel de azulejos de composição figurativa, monocromático azul, com doze por dezassete azulejos que representa São Miguel e as Almas do Purgatório. A composição apresenta São Miguel de pé, vestido de guerreiro, com a balança na mão esquerda e a cruz na mão direita. Em seu redor estão representadas figuras masculinas e femininas, a meio corpo, algumas em oração. No segundo plano, de ambos os lados, observam-se dois casais que se dirigem para os anjos. O enquadramento é feito por pilastras com "putti" que na parte superior seguram cartela.

São Miguel pesando as almas

Oficina de Valentim de Almeida, 1740-1750

 

   
  Ampliar imagem.
   
O segundo quartel do século XVIII é o período melhor conhecido da extensa carreira do pintor Valentim de Almeida, com intervenção documentada em importantes conjuntos do Barroco Joanino, como os painéis da Sé do Porto (1729-1731), e da transição para a azulejaria Rococó, com a encomenda para a Quinta de Nossa Senhora da Piedade (1747-1752), dos Condes de Vila Nova de Portimão, em Vila Franca de Xira. Em Évora, podem-se atribuir à sua oficina o conjunto de silhares figurativos para as aulas do Colégio do Espírito Santo (1744-1746). Na representação de São Miguel, como príncipe militar, intervindo pelas almas no dia do Julgamento Final, é patente a agilidade expressiva e um certo descompromisso com as formas, originando uma pintura rarefeita, numa das marcas mais características dos trabalhos da oficina do pintor lisboeta.